Wreck Beach: 4 motivos para ver o pôr do sol na praia

Pôr do sol na Wreck Beach

A Wreck Beach é uma praia diferente das outras que você vai encontrar em Vancouver.

Localizada dentro de um parque na universidade UBC, a Wreck beach está isolada por árvores e fica abaixo do nível da rua, o que a torna ideal para o tipo de liberdade que muitos procuram por lá. Essa liberdade fica clara logo na entrada, pelo aviso: usar roupas na praia é opcional!

Você pode ficar assustado com essa informação, mas calma que vou listar aqui 4 motivos para visitar esse belo lugar e assistir ao pôr do sol por lá!

1. O visual é de tirar o fôlego!

Pôr do sol na praia

A Wreck Beach tem um visual bem mais próximo do que estamos acostumados aqui no Brasil: areia clara e fofa e mar azul com ondas!Por isso se você gosta de fotografar paisagens lá é um prato cheio!

No pôr do sol tudo fica ainda mais bonito: De forma vagarosa o astro vai desaparecendo, refletindo nas ondas, deixando o ambiente dourado enquanto as gaivotas voam e as pessoas se divertem na areia. Diferentemente da English Bay ou de Kitsilano, essa praia tem poucos barcos na água e é isolada da cidade. Não tem como não suspirar e se sentir mais próximo da natureza.

gaivota voando sobre o mar

2. É uma experiência

Acho que todo viajante deveria procurar por experiências enriquecedoras e que mudem sua forma de ver o mundo. Porque se for para pensar sempre da mesma forma e nunca aprender nada novo, qual a razão de sair de casa?

Considerando que é opcional, você não precisa ficar nu se não se sente a vontade. Mas com certeza vai ver algumas pessoas sem roupas por lá.

a espuma do mar.

Uma experiência no mínimo interessante, que nos faz olhar para o próximo com mais gentileza. A lição que fica é: Se uma pessoa está feliz e à vontade com suas escolhas e isso não está fazendo mal a ela nem aos outros, então aprenda a não apontar, não ficar de boca aberta e nem julgar. Apenas siga com sua vida e tenha respeito pelas diferenças.

Uma frase que li no site da praia e que gostei muito é “Os naturistas acreditam que a aceitação do corpo é a ideia e que a recreação nua é o caminho!” (tradução livre).

Para os mais desinibidos acredito que se libertar das roupas também é uma experiência extraordinária e ali você pode testar.

o lenço voa no pôr do sol

3. O clima é descontraído e de liberdade

Na primavera/verão em Vancouver o clima geralmente é de descontração em todas as praias e parques, então na Wreck Beach não seria diferente! Muita gente praticando esportes, fazendo piquenique, ou simplesmente relaxando na areia enquanto toma um sol. Aliás, no final de semana é provável encontrar pessoas tocando musica e fazendo “festas”. Apesar de ter quem se arrisque, não recomendo o mergulho, pois a água é gelada demais!

mar

4. Você faz exercício físico

Pois é, deixei por último porque algumas pessoas podem considerar como um motivo para não ir, hahaha!

Acontece que pra chegar na praia é preciso passar por um lance de escadas considerável. São mais ou menos 500 degraus e se a descida foi tranquila, acredite: a subida não será tão fácil! Então para fazer esse passeio é obrigatório se mexer. Você pode não gostar, mas não negue que exercícios fazem bem pro corpo. Além disso, chegar ao topo da escada traz uma sensação de vitória e missão cumprida!

menina observa o pôr do sol

Como chegar: Pegar um ônibus para UBC (há varias linhas) e caminhar por cerca de meia hora até a entrada da praia. De carro vá por dentro da universidade até bem próximo a entrada, o estacionamento é grátis.

Dicas extras:

  • Aproveite também para conhecer a UBC, é muito bonita e tem um museu de antropologia bem legal por lá!
  • Faça um piquenique, é divertido! Porém não se esqueça que bebidas alcoólicas são proibidas.
  • Você pode fotografar na praia, mas procure ir para lugares mais afastados e de maneira nenhuma fotografe alguém sem autorização.
Menina fotografa pôr do sol
Observar e fotografar o pôr do sol na Wreck Beach foi inesquecível. Todas as fotos são na Trail 6 da praia.

 

água e areia
Guarde essa foto no Pinterest para salvar e acessar o post depois! 

Veja outros posts sobre o Canadá aqui.

E obrigada pela visita!